As Duas Torres (O Senhor dos Anéis, #2)

No anterior volume desta trilogia i A Irmandade do Anel i o leitor travou conhecimento com alguns estranhos e simp ticos personagens que povoam o mundo que Tolkien construiu Frodo Gandalf Pippin Aragorn Boromir para citar apenas alguns br Atrav s deles ficou tamb m a conhecer algumas esp cies bizarras a viver em terras imagin rias os hobbits os orcs os elfos os an es E acompanhou certamente todas as perip cias que se passaram volta do misterioso anel de que Frodo era possuidor Os perigos por que passaram para subtrair o anel s m os cobi osas dos inimigos os trabalhos em que se viram envolvidos para conseguir o seu intento culminaram com a fuga e o desaparecimento de Frodo e a dispers o dos seus companheiros br Esta segunda parte i As Duas Torres i conta o que aconteceu a cada um dos membros da Irmandade do Anel depois de o grupo se ter desfeito e at ao advento da Grande Escurid o e eclos o da Guerra do Anel que ser contada na terceira e ltima parte br i As Duas Torres i o segundo volume da trilogia i O Senhor dos An is i em que se integram tamb m i A Irmandade do Anel i e i o Regresso do Rei i


A Irmandade do Anel (O Senhor dos Anéis, #1)

Em aprecia o cr tica obra de Tolkien cuja edi o portuguesa apresentamos o Sunday Times escrevia que o mundo da l ngua inglesa se encontra dividido em duas partes a daqueles que j leram i O Senhor dos An is i e a daqueles que o v o ler br N o se enganava o cr tico ao indicar assim que estamos perante uma obra de leitura obrigat ria que sem qualquer sombra de exagero se insere entre as mais not veis cria es liter rias do nosso s culo Situando se na linha da cria o fant stica em que a literatura inglesa f rtil lembremos Jonathan Swift com i As Viagens de Gulliver i lembremos Lewis Carrol com a sua i Alice no Pa s das Maravilhas i Tolkien oferece nos uma obra verdadeiramente monumental onde todo um mundo criado de ra z uma nova cosmogonia arquitectada por inteiro uma irrup o de maravilhoso que admir vel jogo de cria o pura O sopro genial que perpassa na elabora o deste maravilhoso traduzido sobretudo no realismo da narra o deixa no leitor o desejo irresist vel de conhecer esse mundo que como crian as chegamos a acreditar que existe br i A Irmandade do Anel i o primeiro volume da trilogia i O Senhor dos An is i em que se integram tamb m i As Duas Torres i e i O Regresso do Rei i


O Regresso do Rei (O Senhor dos Anéis, #3)

Eis que cheg mos terceira parte de i O Senhor dos An is i br Assistimos na primeira parte descoberta do poder no anel detido por Frodo o hobbit como Um Anel que dominava todos os An is do Poder Perseguidos pelo Cavaleiro Negro de Mordor Frodo e os companheiros passam inumer veis perip cias na tentativa de salvarem a todo o custo o anel e at decidirem separar se br Na segunda parte i As Duas Torres i s o nos descritas as aventuras de cada um dos membros do grupo depois de se terem separado Surgem os Cavaleiros de Rohan comandados por omer que cercam os orcs e os destroem Frodo que desaparecera regressa entretanto mas depois de grandes aventuras picado por Shelob monstruosa guardi de um desfiladeiro por onde ele pretendia passar acompanhado de Samwise Frodo jaz adormecido e o seu corpo levado pelos orcs br Esta terceira parte i O Regresso do Rei i trata das estrat gias opostas de Gandalf e Sauron at ao fim da Grande Escurid o que concluir esta fant stica viagem pelo estranho mundo criado pela viv ssima imagina o de Tolkien


O Hobbit

O Hobbit a hist ria das aventuras de um grupo de an es que v o procura de um tesouro guardado por um terr vel drag o S o relutantemente acompanhados po Bilbo Baggins um hobbit apreciador do conforto e da vida calma br Encontros com elfos gnomos e aranhas gigantes conversas com o drag o Smaug o Magn fico e a presen a involunt ria na Batalha dos Cinco Ex rcitos s o algumas das experi ncias por que Bilbo passar br O Hobbit n o s uma hist ria maravilhosa como o prel dio a O Senhor dos An is br br O mundo de Tolkien ganha vida neste livro cheio de surpresas a serem descobertas em cada p gina As aventuras de Bilbo Baggins um hobbit apreciador do conforto e de um grupo de an es t m encantado os leitores ao longo de anos contadas atrav s das m gicas imagens a cores de John Howe br Did ctica divertida um grande incentivo leitura para os mais pequenos e uma homenagem nica e inesquec vel cl ssica hist ria de Tolkien


O Monte dos Vendavais

O Monte dos Vendavais uma das grandes obras primas da literatura inglesa nico romance escrito por Emily Bront a narrativa poderosa e tragicamente bela da paix o de Heathcliff e Catherine Earnshaw de um amor tempestuoso e quase demon aco que acabar por afectar as vidas de todos aqueles que os rodeiam como uma maldi o Adoptado em crian a pelo patriarca da fam lia Earnshaw o senhor do Monte dos Vendavais Heathcliff ostracizado por Hindley o filho leg timo e levado a acreditar que Catherine a irm dele n o corresponde intensidade dos seus sentimentos Abandona assim o Monte dos Vendavais para regressar anos mais tarde disposto a levar a cabo a mais tenebrosa vingan a Magistral na constru o da trama narrativa na singularidade e for a das personagens na grandeza po tica da sua vis o nodoso e agreste como a raiz da urze que cobre as charnecas de Yorkshire O Monte dos Vendavais reveste se da intemporalidade inerente grande literatura


O Silmarillion

i O Silmarillion i um relato dos Tempos Antigos ou da Primeira Era do Mundo Em i O Senhor dos An is i foram narrados os grandes acontecimentos do fim da Terceira Era em i O Silmarillion i as hist rias prov m de um passado muito mais remoto quando Morgoth o primeiro Senhor das Trevas habitou a Terra M dia e os Elfos Superiores o guerrearam para recuperar os Silmarils br br i O Silmarillion i o produto da fabulosa imagina o do seu autor uma obra em que est o presentes sob a forma do mito e da lenda os conflitos entre o desejo de dominar o mundo e o poder criativo que prov m do desenvolvimento dos valores intr nsecos


Contos Inacabados de Númenor e da Terra Média

Contos Inacabados de N menor e da Terra M dia um conjunto de narrativas que v o dos tempos mais antigos da Terra M dia at ao fim da Guerra do Anel incluindo elementos como o relato vivo de Gandalf sobre o modo como enviou os duendes a Bag End a apari o de Ulmo deus do mar ante os olhos de Tuor na costa de Belerind e uma descri o rigorosa da organiza o militar dos Cavaleiros de Rohan br Indispens vel a professores e estudantes de Estudos Angl sticos de Literatura inglesa e todos os leitores de Tolkien de Fantasia e de Fic o Cient fica


Os Filhos de Húrin

Num tempo muito remoto muito muito antes dos tempos de O Senhor dos An is um grande pa s estendia se para al m dos Portos Cinzentos a Ocidente terras por onde outrora caminhou Barba de rvore mas que foram inundadas no grande cataclismo com que findou a Primeira Era do Mundo br br Nesse tempo remoto Morgoth habitava a vasta fortaleza de Angband o Inferno de Ferro no Norte e a trag dia de T rin e a sua irm Ni nor desenrola se sob a sombra do medo de Angband e a guerra forjada por Morgoth contra as terras e cidades secretas dos Elfos br br As suas breves e apaixonadas vidas foram dominadas pelo dio que Morgoth lhes devotou como filhos de H rin o homem que ousou desafi lo e zomb lo na sua pr pria face Contra eles enviou o seu mais formid vel servidor Glaurung um poderoso esp rito na forma de um tremendo drag o de fogo Nesta hist ria de conquista brutal e evas o de esconderijos em florestas e persegui o de resist ncia apesar do desespero o Senhor Negro e o Drag o revelam se de forma sombriamente articulada Sard nico e trocista Glaurung manipulou os destinos de T rin e Ni nor com mentiras e ast cia e perf dia diab lica e a maldi o de Morgoth foi cumprida


O Estranho Caso de Benjamin Button

Na g nese deste conto publicado pela primeira vez em ter estado segundo F Scott Fitzgerald uma observa o de Mark Twain em que o escritor lamentava que a melhor parte da vida fosse ao in cio e a pior no fim Assim nasceu Benjamin Button mas como o leitor poder come ar a adivinhar para grande desgosto e estupefac o de todos os envolvidos o pequeno Benjamin vem ao mundo com a apar ncia o tamanho e as peculiaridades de um homem de anos


A Mancha Humana (The American Trilogy, #3)

Estamos em ano em que a Am rica lan ada num furor libidinoso pelo processo de impugna o de um presidente e numa pequena cidade de Nova Inglaterra decorre o ltimo ano da vida de Coleman Silk um professor compulsivamente reformado aviltado e vi vo e cujo tr gico desmascaramento se desenrola contra o pano de fundo das revela es sobre Clinton Este romance pungente avassalador e completamente absorvente n o tem paralelo em nada do que Philip Roth jamais escreveu um magn fico sucessor da Pastoral Americana e Casei com um Comunista